Carta aos irmãos da Igreja de Framingham e toda a Grande Boston MA USA ENGLISH
Paulo Sousa é Pastor na Igreja Evangélica Louvai IEL

Visite a Igreja Louvai em Framingham

Irmãos, APSJ.
O objetivo desta carta é para demonstrar meu mais profundo respeito a cada um em lhes informar em absoluta primeira mão de que estou me desligando da Igreja Maranata, por discordar da forma com que tem sido tratado assuntos importantes.

 

Enviei várias cartas desde de Novembro de 2011 com sugestões para que não ocorressem a divisão da igreja.

Estou aqui há 44 anos e observei que existe um claro desvio do propósito original.

 

Nunca havia conversado com o Mário antes sobre sua igreja e doutrina sempre crendo que eram verdades tudo que o PES falava pelo satélite, mas quando decdi sair em 23/08/2012, véspera do meu retorno ao USA, encontrei-me com o Mário para saber sobre as doutrinas da Louvai.

 

Opinião oficial da Igreja Louvai sobre o Clamor
Isso é mais uma mentira. Jamais anularíamos o sacrifício De Jesus Cristo!
Leia os capítulos 7,8,9 e 10 de
Hebreus.
Nós clamamos pelo Sangue de Jesus Cristo, mas o fazemos à luz das Sagradas Escrituras.


Estive lutando nos últimos 18 meses para que minha saída não acontecesse, mas minha ida ao Brasil recentemente (Agosto 2012) selou definitivamente meu desligamento.

 

Fiquei uma semana em Vitória, e não houve interesses em agendar uma reunião da qual queria tratar de interesses e necessidades das ovelhas que o Senhor me confiou. (entre as ovelhas um grupo de Hartford CT que fui orientado a não assistir, mas queria conversar sobre assunto)


Meu desejo de falar com o PES foi tão grande que fui ao Maanaim dia 16/08/2012, (não estava programada a ida pois tinha compromissos em Minas), informei-os antecipadamente de que só poderia ficar no Maanaim de Sexta-Feira do final da tarde até Sábado ao meio dia em virtude de um compromisso familiar em Minas.


O ungido Juarez que trabalha no Presbitério e que me levou ao Maanaim na Sexta a tarde, ficou incumbido de infomar ao PES que já estava no acampamento a disposição para uma reunião, o que não aconteceu.

Não me desliguei logo após minha chegada aos USA, porque tinha ainda algumas responsabilidades com as ovelhas do Senhor para um casamento que houve em Framingham dia 01/09/2012 e também com minhas funções no seminário que as cumpri fielmente.

 

Dons da comissão de oracão do Maanaim por Paulo Sousa em 18/08/2012(eles não sabem que Paulo Sousa é dos USA)


O pastor via que era entregue a mim uma lupa, e aqui nesta região que eu estava, (Referia-se ao Brasil pois os pastores não me conhecem) ao usar a lupa nesta região eu tinha uma visão com menos detalhes e mais abrangente, ampla, mas ao chegar em minha região, esta lupa me dava habilidades para ver muitos detalhes de um ponto que visualizava ao usá-la.

O pastor via que era colocado diante de mim muito alimento, e estes alimentos eram disponibilizados em vasilhas distintas para eu fazer uso e distribuir.
Eu recebia também a responsabilidade de cuidar de uma bananeira que já tinha bananas, mas as bananas precisavam de meus cuidados para que continuassem desenvolvendo.

O pastor via que eu estava em uma região e ele podia me ver em pé em um mapa.
Um ser recortava aquele mapa que pertencia a uma grande região e separava do original e dizia, agora você toma conta dele independente dos outros mapas.


 

fraternalmente

Paulo Sousa

https://twitter.com/igrejalouvai
 

Carta de Paulo Sousa>>